Meu momento

quinta-feira, 24 de julho de 2008

Sem comentários


O que ontem estava com um ótimo humor, ele simplesmente acabou nesta tarde.

Sou feliz com a minha profissão.

Me formei no que eu queria. Nunca tive dificuldades de conseguir empregos na minha área, mas algumas coisas me "emputece".

Tenho um jeito calmo, tranquilo, converso com todo mundo, mas nem todo mundo conversa comigo. Normal, não se agrada a "Gregos e Troianos". No meu trabalho, me consideram "estrelinha" demais. Mas é que nunca me envolvo em fofocas e nunca estou disposta a participar de fofocas. Será que é porque elas possuem um brilho que incomodam? Sei lá, vai entender.

Trabalhava em uma multinacional do ramo de bebidas quando me casei. Tive de sair porque me casei com um funcionário de lá (é ele mesmo que estão pensando). Como me arrependo disso!

Após algum tempo, entrei nesta atual empresa. Demorei me adaptar porque tinha um perfil um tanto agressivo. Recebi alguns toques daqui, outros dali, e fui levando.

Mas foram passando os anos e nada! Sem aumento, sem promoção, sem incentivo...

Estou aqui há quase 5 anos. Tá certo que passei por muita coisa na minha vida pessoal que me atrapalhou um pouco. Perdi uma quase-possível-promoção quando fui transferida pra Brasília. E depois que voltei, a minha credibilidade foi manchada. Mas me aponte uma pessoa que consegue ser 100% profissional e 100% pessoal?

E mais, alguém consegue mostrar alguma coisa se não tem oportunidade? Eu preciso de oportunidade, caramba!!!

Trabalho em uma empresa com predominação masculina. De aproximadamente 90 funcionários, somos 5 mulheres. Agora, me pergunte quantas são chefes, heim, heim, heim? Nem precisa né? Tirando aquelas que "se acham" chefes da sua própria redoma reluzente, nenhuma!

Mas não tenho muita paciência pra pessoas ignorantes. Não digo ignorantes pela falta de educação, mas por não querer aprender. Aquelas que você fala que fez errado, quer ensinar a fazer correto pra não cometer o mesmo erro, mas que simplesmente não quer aprender. Ou seja, quer continuar a fazer errado.

E o pior não é isso, é ser chamada de "nervosinha" pelo seu chefe na frente de várias pessoas.

Isso é uma das coisas que me cansa!

Me cansa ver que um homem mata um leão por dia pra conseguir alguma coisa, e eu tenho que matar três pra conseguir metade do que ele conseguiu. E ele só precisa ir pra mesa do boteco, beber umas duas com o chefe e já é considerado amigo de infância. No outro dia sua promoção tá assinada. Já a mulher, pra conseguir alguma coisa, precisa antes fazer o "teste do sofá". Dane-se a Meritocracia mascarada. Ela não existe!

Me cansa ter que provar que eu não sou apenas boa no que faço, mas que sou Super, Plus, Mega, Maxi, Ultra excelente. Será que depois de quase 5 anos, tenho que provar alguma coisa? Você já viu um Gerente ter nascido Gerente? Penso eu que, no mínimo, ele teve uma oportunidade pra se tornar um.

Me cansa receber presentes em comemoração ao Dia da Secretária. EU NÃO SOU SECRETÁRIA! E quando você reclama, riem da sua cara e te chamam de "bobinha". Ou então, eu sou a Secretária mais bem paga da história. Mulher só serve pra ser secretária, atender telefones, servir cafezinho e anotar recadinhos? Não desmerecendo a profissão, mas eu estudei pra ser Administradora. E é o que eu sou! E amo o que faço! E o pior não é isso, é ver que as suas "coleguinhas" vibram com isso porque estão recebendo presentes e perfumes. Será que só eu que estou errada e o resto da humanindade é que está certa?

Me cansa esse mundo empresarial machista.

Me cansa pessoas ignorantes e sem objetivos.

Me cansa saber que sei e fingir que não sei, porque senão, sua "coleguinha" do lado pode ficar "magoadinha" com você pois está interferindo no trabalho dela. Ôh, coleguinha, eu trabalho pra melhorar os processos da empresa, e não pra você, tá bom querida!

Me cansa ser tratada como coadjuvante, ou melhor, figurante de um espetáculo onde você não tem voz, não pensa, não fala. Onde você é apenas uma imagem!

Caramba!!! Será que estou na TPM²?!?!?!?!?



Mas vou fazendo igual a cavalo em dia de parada, andando, cangando e sendo aplaudido.

*-*-*-*-*-*-*-*-*-*-*-*-*-*-*-*-*-*-*-*-*-*-*-*-

CR¹ - Vulgo Comida de Rabo

TPM² - Tensão Para Matar - Cuidado! Mantenha Distância! Faz bem à saúde e aos dentes também.

3 Cométários que me fizeram feliz!:

LiLi disse...

que bom que vc é bem resolvida com a sua vida profissional.
e qto a pessoal, as coisas vão se ajeitando aos poucos. é dificil ser 100% em tudo, mas o importante é ser feliz no geral.
Já fiquei fã do seu blog !!! rsrs
já pegou o seu selo?
beijos!

Marsyah disse...

Flávinha,
Por mais que as pessoas digam que não, o preconceito ta aí. Cabe a nós mulheres passarmos por cima de tudo isso... mas sem essa de rasgar sutiã e querer ser iguais aos homens. argh!
Nós somos vencedoras sim, mas sem precisar perder a feminilidade e sem descer do salto.
Vive la defference!

ro costa disse...

Flávia voce está a 5 anos? Eu estou a 10... sou a única com curso superior e um rapaz que tem a quarta série do primeiro grau ganha tres vezes a mais... Eu trabalho com 8 homens então já viu a prioridade são os pais de família... não importa se eu sou mãe solteira afinal ainda posso arrumar um marido neh... Esse machismo é nojento.
Forte abraço sempre.

 
Iniciando Ciclos. Design by Exotic Mommie. Illustraion By DaPino