Meu momento

quarta-feira, 13 de agosto de 2008

Durante muito tempo, me vi refletida nos seus olhos.

Meu sorriso era o seu sorriso. Meu olhos eram os seus olhos. Minha boca era a sua boca.

E tudo isso se perdeu. Sei que está em algum lugar. Se procurar, sei que vou encontrar, mas só eu? Só eu que quero viver isso novamente?

Estou buscando o meu passado e tudo que um dia foi perfeito, mas esqueço que ele já passou. Ontem éramos amigos, pais, amantes e cúmplices. Ontem, nós fizemos algumas coisas erradas. Falei o que não devia e deixei de falar o que devia. Não falei o quanto era importante na minha vida, mas foi ontem.

No meu ontem, não tinha tempo pra parar e pensar. Não tinha tempo para o "Eu te amo", não tinha tempo pra vê-lo sorrir, não tinha tempo para escutá-lo, não tinha tempo para seus olhos. No meu ontem, você estava ali, te olhava e não o percebia. Mas a única certeza que tinha era que você estava e pra mim isso já me bastava.

Mas ele passou.

Então, tento buscar o meu hoje, mesmo me ferindo, me machucando. Porque nesse hoje, o tempo ruge como um leão faminto de amor. Mas me lembro também que não existe o hoje.

No meu hoje, não tenho mais suas palavras, seu colo de amigo e amante, não tenho mais meu cúmplice e meu parceiro pra vida toda, não tenho mais o seu amor, não tenho mais os seus carinhos, e não tenho mais o meu espelho. Já não me vejo mais refletida nos seus olhos, porque no meu hoje, você não está.

E me recuso a viver o amanhã, porque o meu amanhã sem você não existe. Ele é sem graça, não tem cor, é cinza.

13 Cométários que me fizeram feliz!:

LiLi disse...

Bela postagem amiga. É lindo de ter falar sobre seus sentimentos.
Mas acalme-se, tudo nessa vida passa e vc vai encontrar o seu caminho.
Beijokas linda!

Marina String disse...

Eu tb falei tantas coisas q não deveria ter dito...agi de modos que não deveria ter agido...Mas era aquilo que eu podia dar no momento...eu era assim.Com o tempo amadurece,aprende a ser gente com os outros...aprendi...vou usar essa sabedoria para outros amores!!!

carolbiasucci disse...

Nada como um dia após o outro pra fazer agente observar. Isso mesmo, só observar.

As vezes até cometemos os mesmos erros que juramos nunca mais cometer.

Só digo uma coisa: tem que ter tempinho pra um cafézinho. as vezes isso salva um relacionamento.

bjo Flavinha!

Jully disse...

Acho tão lindo teu amor...
Suas palavras transmitem com uma transparência incrível a importância q tudo tem pra vc...
Vc merece q tudo dê certo, não voltando a ser como antes, mas sendo de uma forma ainda mais intensa, muuuuuito melhor... q essa família linda volte pra refazer essa história q se perdeu em algum lugar do tempo.
Tudo de lindo pra vc!!
Bjoooos

Fernanda Falleiro disse...

Flavinha que lindo o que vc escreveu, nem sei o que te dizer pq nada vai adiantar, mas ta sendo muito bonito vc ver onde errou e pensando em ser diferente, quem sabe o destino não de da outra oportunidade, torço por ti amiga!!!

Quanto ao ferro a pediatra que mandou dar, tb não entendi, lembro que perguntei mas não me lembro a explicação, amanhã vou na pediatra e te conto!

Bjos

SGi/Sonia disse...

Caraca...
Nem sei o que dizer.

Sabe, eu sempre fui e ainda sou do tipo que pouco da o braço a torcer, quero sempre ter razão, quase nunca peço desculpas e lendo isso tudo me deixou assim sem palavras...

Beijins

carlinhadapaz disse...

O seu amanhã existe sim mocinha e será beeem colorido, com todas as cores do arco íris, você vai ver!

Marsyah disse...

Antes eu não falava nada que sentia e deveria falar...
Quando resolvi falar, meti os pés pelas mãos e estraguei tudo de vez.

(Ainda tenho pesadelos com isso.)

Graças a Deus, nos perdoamos e nos demos uma nova chance.

Flavinha, muita calma nessa hora. Agora é só esperar... esperar... esperar...

Bjux querida!

Flavinha disse...

OI, AMIGAS
Lili - Estou caminhando, ainda não sei pra onde, mas é em algum caminho. Um dia, talvez eu me encontre.
Marina - São nesses momentos que podemos amadurecer e aprender com os erros. Eu já aprendi.
Carol - Realmente, acelerei muito e perdi o "cafezinho". Por isso é que às vezes sinto que o tempo não passa, porque agora ele corre lento demais.
Jully - Meu amor era o que de mais bonito que eu tinha, pois foi ele que me deu meus 2 filhotes. Como falar que não foi bom e não querer viver isso novamente?
Fê - Estou esperando uma nova oportunidade. Se não for com ele, que é o meu gde amor, que seja com outra pessoa. Ainda não perdi minhas esperanças.
Sonia - Sempre fui um pouco assim como vc disse. Nessa queda de braço, ganhei algumas e perdi outras várias.
Carlinha - Bem vinda. É sua primeira visita? Então volte sempre. Mas por enquanto, só enxergo o cinza, é como se depois de uma tempestade, o tempo ficasse colorido pelo arco-íris, mas por enquanto, só existe a tempestade.
Marcia - Vc me entende né? Fico feliz por terem se perdoado. É isso que diz a primeira regra do amor. Estou esperando e fazendo a minha parte. Vai que acontece um milagre??
Bjs a todas

Quem sou eu? disse...

Flavinha, não vou dizer que sei exatamente como se sente...isso já virou clichê!!!
Mas tenho esperanças amiga!
Quanto ao seu post anterior, ficar ou não ficar, tb sou um pouco como vc, mas fico pensando se não estamos muito "fechadas" e perdendo oportunidade de conhecer pessoas novas, interesantes...
Beijo

Me separei, e agora? disse...

Flavinha, sou eu, Eri, no post anterior
Beijo

Carol disse...

Flavinha,desculpe-me,de verdade.Não consigo pensar em algo decente para dizer.É que foi lindo demais,estou totalmente sem palavras.Sei que é triste,mas foi bonito.Você tem uma alma muito especial.

Flavinha disse...

Bom dia, amigas...

Eri - Já pensei várias vezes nisso. E não me considero fechada. Aliás, estou fazendo um esforço enorme pra conseguir me relacionar com a "Felicidade de olhos verdes" mas ainda nçao perdi o fôlego e nem meu coração disparou. Mas estou tentando...rs

Carolzinha - Não precisa dizer nada. Só de vc ler e me entender, já me basta. O que sinto é realmente muito forte. Por isso é que acho difícil passar tão rápido.
Bjs a todas

 
Iniciando Ciclos. Design by Exotic Mommie. Illustraion By DaPino