Meu momento

segunda-feira, 25 de agosto de 2008

Mãe às avessas!

Eu queria ser uma mãe certinha, dessas mães de novela, mães de livro, mães super-protetoras, que seguem todas as regras, que executam tudo que o pediatra fala, que sabem tudo, que nunca choram... mães tipo Amélia. Será que nosso saudoso Dorival estava certo, Amélia que era mulher de verdade?

Sou preguiçosa mesmo, gostaria de acordar um pouco mais tarde do que preciso e dormir mais cedo do que o necessário, moro há 5 minutos do meu trabalho e chego atrasada TODOS os dias (sem exceção - ah, e de carro...), sou enrrolada, não sei fazer pão de queijo e nem bolo de cenoura com chocolate. O planeta Terra que me perdôe, mas não sei tomar banho em 10 minutos, mas por outro lado, meu carro tem um saco de lixo, porque é feio jogar lixo pela janela.

Aliás, meu carro... ele é o caos motorizado!!! É praticamente a extensão da minha casa ou da minha vida. Se roubarem ele, parte de mim vai junto... É capaz do ladrão me devolver o carro, porque ele não vai se achar lá dentro. Tem de tudo, desde a perfume, batom e afins, a brinquedos de tudo quanto é tipo. Até meia de algum deles tá por lá.

Sou um negação na cozinha, a não ser que queira comer uma bela macarronada, uma sopa e de sobremesa, um pudim.
Putz... Nem desenhar eu sei!!
Mamãe, desenha um hipopótamo de boca aberta?
Eh... Hã... Quê? Pode ser um coração? Não, um hipopótamo de boca aberta.
E se for uma estrelinha bem bonita e toda colorida? Não, então faz um dragão soltando fogo.
Ah, já sei, vou fazer uma borboleta toda colorida que você nunca viu.
Ai, mãe tá bom... desenha uma borboleta, com um coração na asa e uma estrela na anteninha.
(E você acha que desenhar isso é fácil? Vai tentar!!!)

Fui criada e educada pra trabalhar, ser profissional e independente. Filhos?!?!? Era só na teoria.

E hoje, olho pra mim, tenho hábitos que me remetem à minha adolescência e responsabilidades que me sugam a energia, ou seja, uma velhota.

Mas sabe quando todo o esforço que a gente faz pra que tudo dê certo está realmente dando certo, mesmo que você ache que está sendo uma mãe às avessas? É quando uma mãe liga pra você perguntando se eu posso levar Fefeu pra brincar com o filho dela em um sábado à tarde.

E sabe o que é mais recompensador, quando você liga às 18 h falando que está saindo pra buscá-lo e ela responde: "Não... deixa ele mais um pouco aqui. Eu te ligo na hora que for pra buscá-lo."

E sabe o que é mais recompensador ainda, e que não tem preço? Quando ela te liga às 20:30 h falando: "Agora pode vir buscar essa coisa fofa."

É nessas horas que eu vejo que todo esforço que eu faço pra sair do meu trabalho na hora do meu almoço pra levar ele pra escola, e tudo isso em um prazo de 40 minutos, só pra passar mais um tempinho com ele, está dando certo. Todos os meus esforços, minhas conversas, minhas noites em claro, não estão sendo em vão. E ver o resultado disso tão escancarado é muito gratificante.

Que mesmo que eu chore, chame a atenção dele, grite, totalmente atrapalhada, esquecida, fique louca e esperneie de vez em quando, ele sabe que é para o bem dele.

E eles possuem um sorriso escadalosamente lindo!

16 Cométários que me fizeram feliz!:

Marsyah disse...

Flavinha, menina!!

Eu também sou uma mãe completamente lesada. Nunca sei se tô agindo certo. Fico me culpando, achando que não agi direito, que não coloquei os limites, que não dei carinho suficiente... afe!
Eu achava que não podia ter filhos. Pensava: Não sei cuidar nem de mim, como vou cuidar de outro ser vivo???? Mas, até agora tá tudo dando certo.

Mais uma vez: SEUS FILHOS SÃO LINDOS!!!

Aqui, tô pegando currículo pro cargo efetivo de futuro namorado da princesa. Manda o currículo de suas obras-primas pra mim??

Bjux Mamãe-às-avessas!!

Biana França disse...

Flavinha, me vi em vc, ainda não sou mãe, mas sei q vou ser assim, sou muito "organizada", mas puxei a minha mãe,que dorme muito, sai atrasada, fez malabarismo para almoçar comigo quando eu era pequena, e não sabia cozinhar direito, mas hj com 58 anos sabe!Ela é uma benção na minha vida, assim como vc é na vida dos seus filhos.
Parabéns.
bjus

Mulher Paraense disse...

Oi Flávia!
Descobri seu blog hoje, vou ler os outros post's mas adorei esse.
Sou mãe de 1ª viagem, tenho uma bebê de 10 meses, e tenho sentido o peso da responsabilidade.
Sinto muita falta de tempo pra mim, principalmente de dormir. Minha rotina é difícil, mas sou recompensada qdo chego a noite em casa e fico com minha filha, vendo todas as gracinhas e novidades
que ela apronta.
bjs

philippe disse...

Flavinha nós é que somos mulheres de verdade a Amélia nem tinha filhos coitada, hahahahaha
Eu tb me sinto muito atrapalhada mas nada que o sorriso do filhote não de jeito!
Bom te evr mais animada!!!
Um bjao

Jully disse...

Ameeei essa sua postagem... achei tãããão parecida com alguém (não me lembro quem?!)... rsrsrs...
Vc realmente é uma tremenda mãezona mesmo. Parabéns por esses tesourinhos lindos!!
Bjoooo

carolbiasucci disse...

que crianças lindiinhas!!!

mãe é mãe, e por mais que nao se achem as melhores, elas sempre dao tudo de si pros filhos, ainda que involuntariamente..

bjoca pra vc e pros pimpolhos!

SGi/Sonia disse...

Flavinha, desencana.
Eu tenho o seguinte pensamento:
"sou a melhor mãe que eles podem ter!"
Eu não fico olhando meus defeitos, tomei na cabeça no comecinho da vida de mãe, porque eu acreditava que todo mundo sabia tudo e eu nada, depois vi que é bem o contrário, eu sei tudo dos meninos e o resto do povo não sabe nada.
Não saber cozinhar, desenhar e outras coisitas mais não te desqualificam como uma EXCELENTE MÃE. Desencana mesmo.
É só olhar pra eles e ver que você faz o seu melhor:)

Relaxa e aproveita!

Beijins

• Älone • disse...

Ah se tudo viesse como um manual de como lidar, de como fazer, pois é mas as coisas as coisas não são assim, uncas e culpe pois apenas o tempo vai ensinar você a lidar o + importante de tudo é o AMor que pelo o que percebi vc tem por eles, isso é o que vale o Amor é base de tudo ! Nunca esqueça vc pode até pensar que não é uma mãe de noivela mas pro filhão vc é a MELHOR MÃE DO MUNDO, bjs ...continue postando! Ah e vc é linda viu ! ♥

Eri disse...

Flavinha, fazia um tempinho que nào aparecia por aqui. Estou com problemas de computador em casa e não tô podendo acessar a net toda hora. Queria primeiro dizer que suas fotos estão lindas, seus meninos são fofos e vc está mais bonita.
Mas queria mesmo era comentar suas postagens ateriores. Sobre as críticas que recebeu. Sei exatamente como é, também já fui criticada. Aprendi que é o preço que pagamos por estarmos aqui. Como tudo na vida, a net teu seu lado bom e o ruim, se é que podemos chamar isso de ruim, pq é sempre um aprendizado! Não se deixe abater e tente tirar lições de tudo isso.
Beijo grande,
Eri

Biana França disse...

é mesmo flavinha, vai q algo d muito bom tinha acontecido ao "cantor".rsrsrs
bjus

LiLi disse...

hahahaha
ser mãe não tem manual, ninguem nasce sabendo ser mãe. Simplesmente acontece
Voce tem muito amor no coração. Acho que o amor é o segredo de tudo!!!

Lu Olhosde Mar disse...

meu Deus como vcs sao lindooooooooooooooooooos!

O Profeta disse...

Uma rosa breve
Uma hortênsia de alva cor
A terra molhada pelo sereno
Nos celeste paira um Açor

A madeira verde, a dança do fogo
O embalo do loureiro no vento, o alecrim
Um ribeiro de inquietas águas
Levam o perfume das mágoas em viagem sem fim


Convido-te a sentir a minha paleta de aromas


Mágico beijo

Nina disse...

Que bonito post Flavinha. Como mãe, eu era igual a vc. Morria de medo de estar fazendo alguma coisa errada, estava semrpe mt preocupada, até um médico, senhor bem velhinho mt amigo nosso e sábio me falou: "nina, vc já faz demais por seus filhos, relaxa, vc tbm é uma mulher e acredite, suficiente boa mãe". sei lá, essas palavras me acordaram. eu ainda erro, e como!!! mas a gente aprende tbm tanto com eles, nao é?

e seus filhos são lindos, como vc mesma disse, espetacularmente lindos qd sorriem.

e vc tem culpa nisso,olha como vc fica radiante qd sorri e qd está perto deles...

Anônimo disse...

Flavinha
Parabens pelos seus filhos. Também sou mae de dois gatinhos e faço idéia das suas dificuldades porque vivo algumas muito parecidas com as suas.
É impressionante o que a sociedade faz conosco. Desde pequenos somos levados a acreditar em fadas e bruxas, mas a verdade é que todo mundo carrega um pouquinho de bruxa e de fada dentro de sí. Já percebeu que tudo que dá errado é culpa da mãe (que é muito exigente, pouco atenta, muito atenta, não dá limites, é muito rígida... affe), mas tudo de bom deles é culpa da genética, da personalidade...é como se a gente não tivesse a menor participação nas coisas boas que eles aprendem conosco.
Vire o seu olhar para eles Flavinha. E considere que são a prova maior de que no final, tudo dá certo.
Beijinhos carinhosos

Vanessa (coloquei a postagem anonima porque nao tenho blog...mas meu e.mail é vanmorais@hotmail.com... se quiser manter contato)

RoCosta disse...

Flávia... por esses sorrisos nao tem como não ser uma boa mãe.
Lindinhos demais seus meninos.
Forte abraço sempre.

 
Iniciando Ciclos. Design by Exotic Mommie. Illustraion By DaPino